Atividade Física Pode Reduzir Riscos

Homens que fazem algum tipo de atividade física – como uma caminhada de três quilômetros – têm menos risco de ter algum tipo de distúrbio de ereção.

O exercício físico aumenta a resistência cardiovascular, melhora a circulação e mantém as artérias saudáveis e desobstruídas. O acúmulo de gordura pode dificultar o fluxo sangüíneo nas artérias que irrigam o pênis, dificultando a ereção.

Mas não é só isso. A prática de uma atividade física dá mais vitalidade e energia. Ela aumenta a auto-estima e o bem estar com os outros. É que no momento que se está exercitando o corpo, o cérebro libera substâncias como a endorfina, que influencia no humor.

Com uma programação regular, pode-se controlar o colesterol, a taxa de açúcar no sangue, fortalecer os músculos e as articulações, melhorar a memória e o raciocínio.

Conheça alguns tipos de exercícios e como contribuem para a saúde do corpo:

1) Caminhada – Todos podem praticar e dependendo da intensidade do exercício você não precisa fazer mais nada. É o tipo de exercício que pode ser feito em vários lugares, em qualquer hora e o único equipamento necessário é um par de calçados confortáveis. Quanto maior o ritmo da caminhada, maior o gasto de energia.

2) Corrida – Você só precisa de um par de tênis e é também uma ótima maneira de gastar muitas calorias em um período relativamente curto. Antes começar, faça um aquecimento e alongamentos.

3) Andar de bicicleta – Em casa, em uma bicicleta ergométrica, ou pedalando nas ruas, os efeitos desse exercício são muito positivos. Em relação à caminhada, você pode ir muito mais longe no mesmo período de tempo. Andar de bicicleta geralmente exercita suas pernas, mas não os braços, e ainda tem o efeito do condicionamento cardiovascular, que certamente ficará melhor.

4) Natação – É ideal para quem tem problemas de coluna ou artrite. Melhora ainda o condicionamento das penas e dos braços. Escolha o estilo que você se sente melhor.

5) Equipamentos Nautilus – O treinamento de resistência moderno, é bem diferente da prática da musculação. O mais importante é levantar pequenas quantidades de peso e não levantar o máximo, como prega a musculação. Você pode escolher o peso que quer levantar em cada equipamento e o nível de repetição. Ao usar os diferentes equipamentos disponíveis nas academias, você pode exercitar quase que todos os músculos do seu corpo.

6) Dançar – Suave ou agitada, é uma atividade que todos gostam. É um exercício que não cansa porque existem muitos estilos diferentes e que podemos aprender.

Soja e Menopausa

Enquanto cerca de 85% das mulheres americanas dizem ter sintomas na menopausa, somente 25% das japonesas reclamam dos mesmos sintomas. Mulheres japonesas consomem mais proteína de soja do que as mulheres nos países ocidentais e com isso podem aliviar sintomas da menopausa.

O fitoestrogênio, ou isoflavona, componente da soja ajuda a diminuir ou talvez mesmo eliminar, os sintomas da menopausa, particularmente os fogachos (ondas de calor).

Um estudo recente em mulheres após menopausa mostrou que se suplementadas diariamente com 60g de proteína de soja contendo 76mg de isoflavonas, tem significativamente diminuídos as incidências de ondas de calor comparados com mulheres que não consumiam soja.

Outros benefícios da soja são diminuir o risco de câncer de mama, diminuir o risco de osteoporose, e prevenir doenças cardíacas.

Populações que consomem soja tem menos ataques do coração do que aqueles que comem proteína animal, como carne, frango e derivados do leite. A proteína da soja poderia reduzir o colesterol, o LDL colesterol, os triglicerídeos e aumentar o HDL colesterol (“bom” colesterol).

As isoflavonas da soja são importantes antioxidantes que previnem a oxidação ou o LDL (“mau” colesterol) colesterol, a soja diminui a tendência ou coagulação sangüínea e tem efeitos favoráveis aos vasos sangüíneos.

As mulheres orientais e as vegetarianas têm menor incidência de osteoporose, comparado com as mulheres ocidentais.

O consumo de proteína animal, (como carne, frango, peixe e derivados do leite) geralmente aumenta a perda de cálcio pelos ossos. Para cada 1,0g de aumento no consumo de proteína animal, e você perde uma média de 1,75mg de cálcio pela urina.

Mas antes de sair por aí consumindo soja, procure sempre orientação médica para saber se você realmente tem necessidade de reposição hormonal ou suplementação.

Relação Álcool e Câncer de Mama

Mulheres que bebem álcool tem um risco 24% maior de contrair câncer de mama. O estudo foi realizado pela Universidade de Harvard com enfermeiras durante um período de 16 anos. Um copo de vinho por dia ou uma dose semelhante de outra bebida alcoólica foi suficiente para produzir este risco comparando-se com aquelas mulheres que não bebiam.

A conclusão que se chega é que o álcool é realmente perigoso e deveria ser evitado. Porém os pesquisadores encontraram uma outra explicação: a ausência de ácido fólico, uma vitamina do complexo B. No mesmo estudo as mulheres que tinham um baixo índice de ácido fólico e bebiam eram as que tinham o maior risco de câncer.

O conselho dos especialistas é continuar bebendo álcool e usar ácido fólico (400 a 600 micro-gramas por dia). Nosso conselho é que a mulher pare de beber álcool e sim faça maior uso de alimentos ricos em ácido fólico. Alguns destes alimentos são: legumes, suco de laranja, espinafre e aspargos.

O álcool é uma substância cancerígena comprovada, porque é ele tão difícil de ser banido de nossas mesas? Há maior risco de câncer de estômago, esôfago e intestino bem como de câncer de fígado entre os que usam bebidas alcoólicas.

Tenha Uma Boa Higiene Bucal

A higiene bucal deve ser hábito adquirido desde os primeiros anos de vida. Dentes e gengivas sadios são o início de uma vida saudável:

1. Os dentes de leite, mesmo em crianças bem pequenas, devem ser limpos com uma gaze ou com a ponta de uma fralda.
2. Deixe sempre a criança escovar seus próprios dentinhos, para adquirir o hábito. No entanto, os pais devem sempre complementar a escovação.
3. Dê sempre o exemplo às crianças, fazendo sua higiene bucal na presença delas.
4. A escovação deve acontecer imediatamente após todas as refeições.
5. Não tenha pressa em escovar os dentes.
6. Observe se a escova está alcançando todas as superfícies dos dentes.
7. Utilize uma escova de cabeça pequena e cerdas macias.
8. Troque sua escova sempre que for necessário.
9. Evite usar força nos movimentos de escovação. A limpeza ocorre pela ação repetitiva dos movimentos e não pela força.
10. Dê preferência aos movimentos circulares.
11. Massageie sempre as gengivas.
12. Use creme dental com flúor.
13. Observe sempre se as crianças estão escovando realmente seus dentes ou apenas ingerindo creme dental.
14. O uso diário do fio dental é indispensável.
15. Observe sempre se o fio dental está limpando as duas superfícies de contato dos dentes.
16. Os bochechos com soluções fluoretadas devem acontecer diariamente antes de dormir. Estas soluções não devem ser engolidas.
17. Visite seu dentista regularmente.

Os Agentes da Saúde Bucal

No intuito de manter a boca livre de infecções e sem doenças, devemos procurar ter uma alimentação balanceada, evitando alimentos prejudiciais à nossa saúde e ingerindo alimentos saudáveis.

O açúcar é o principal alimento das bactérias causadoras da placa bacteriana, que causa a cárie e outras doenças. Sendo assim devemos evitar a ingestão de balas, chocolates e alimentos doces (com muito açúcar) no período entre as refeições. No entanto se não for possível evitar devemos escovar os nossos dentes após comermos um destes alimentos.

Existem alimentos que são considerados não cariogênicos (não provocam cáries), sendo eles os vegetais, frutas, proteínas entre outros. Estes alimentos são importantes para a manutenção da saúde geral e oral das pessoas.

Também podemos citar a existência de alimentos que são considerados detergentes, ou seja, alimentos que têm o poder de eliminar, durante a sua mastigação, resíduos de outros alimentos que ficaram aderidos à superfície dental. Como exemplo destes alimentos podemos citar, a maçã, a laranja, a pêra, a cenoura e demais frutos carnosos.

Devemos manter uma dieta balanceada e uma higiene perfeita, assim estaremos evitando o desenvolvimento de doenças tanto sistêmicas quanto locais (orais).

 

O Que São as Cáries

A cárie é uma doença infecto-contagiosa multifatorial que resulta em destruição e perda dos dentes se não tratada a tempo e de forma adequada.

Esta doença é provocada por bactérias que estão; constantemente em nossas bocas, no entanto estas bactérias precisam interagir com outros fatores para que a doença cárie se desenvolva. Os outros fatores são o tempo, o substrato (são os restos de alimentos deixados na boca) e o hospedeiro (que somos nós).

Os “buracos” que a cárie faz nos dentes são destruições das superfícies mineralizadas dos dentes devido a ácidos produzidos pelas bactérias que se aderem nos restos alimentares grudados nos dentes.

A única solução para a cárie é a prevenção, portanto para evitarmos a cárie devemos seguir todas as regras de higiene bucal que são:

– Escovar bem os dentes, após as principais refeições (café da manhã, almoço e jantar).
– Passar o fio dental pelo menos uma vez por dia (para limpar as áreas de difícil acesso para as cerdas das escovas dentais).
– Escovar a língua pelo menos uma vez por dia.
– Procurar o dentista regularmente.
– Estabelecer uma dieta balanceada, evitando doces entre as refeições
– Escovar os dentes sempre que comer algo fora de hora, ou seja, entre as refeições.

A cárie é uma doença séria e deve ser evitada a todo custo, pois após a sua instalação o único meio de tratamento é a remoção da parte do dente que está contaminada e a restauração do dente. Sendo que por mais moderno que sejam os materiais restauradores, nenhum é tão bom quanto o próprio dente.

Diversos países da Europa conseguiram erradicar a cárie, provando assim que a prevenção é o melhor meio de combate a esta doença.

Para Perder a Barriga

Para queimar a gordura localizada é necessário um programa de reeducação alimentar. Especialistas recomendam que se divida a alimentação diária em 3 refeições principais (café da manhã, almoço e jantar) e 3 pequenos lanches intermediários (de manhã, à tarde e ceia) com alimentos de baixa caloria.

É indicada, ainda, a prática de exercícios aeróbicos, por mais de quarenta minutos, de 3 a 4 vezes por semana. Além de ajudar a queimar a gordura localizada, a atividade física colabora com a digestão.

O mau funcionamento dos intestinos é outro fator que facilita o surgimento da barriguinha. Para regularizá-lo é indispensável ingerir líquidos, principalmente água, no mínimo 2 litros por dia. Também se deve priorizar pelo consumo comedido de fibras, presentes nos legumes e verduras (de preferência crus), frutas com casca ou com bagaço, grãos integrais, farelos, aveia, arroz integral e leguminosas.

É bom evitar também os alimentos causadores de gases, como maçã, feijão, ervilha, cereais, brócolis, couve, repolho, derivados do leite (para alérgicos à lactose), ovo, berinjela, cebola, ameixas, passas, batata-doce, bebidas com gás, açúcar em grande quantidade, frituras.

hidroginastica

Exercícios Na Água Queimam Mais Calorias

Caminhar na água por uma hora gasta até 700 calorias. Para conseguir esse mesmo resultado a seco, é preciso correr 12 quilômetros por hora na esteira ou pedalar com intensidade numa bicicleta ergométrica no mesmo tempo. Exercícios na água gastam 1,5 vez mais caloria que a mesma modalidade feita no solo. É que a água oferece oito vezes mais resistência do que o ar.

Além disso, a atividade física na água tem menos impacto e o corpo fica mais leve, chegamos a pesar 75% menos quando estamos submersos. Um dos exercícios mais praticados ultimamente, a hidroginástica, é preferido por idosos, mulheres grávidas, pessoas com problemas de coluna e articulações, cardiopatas, diabéticos e obesos porque facilita os movimentos sem prejuízo para a musculatura. E algumas pessoas ficam mais à vontade, já que não ficam tão expostas como numa aula de musculação.

Junte a tudo isso a possibilidade de fazer uma atividade física sem suar.

 

Esporte Contra a Depressão

Praticar esportes regularmente é uma boa saída para quem está sofrendo com depressão. Modalidades esportivas praticadas a dois podem render ótimos resultados. As razões são várias. A companhia de um amigo pode ser um ótimo estímulo. Além disso, os benefícios físicos e psicológicos trazidos pelo esporte são fundamentais para a recuperação e melhoria da qualidade de vida.

Dor Nas Pernas

Dor na parte inferior das pernas depois de uma pequena caminhada e às vezes adormecimento ou formigamento nas pernas e resfriamento podem ser sintomas de má circulação ou da chamada doença circulatória periférica. Isto pode ser um sinal de que as artérias de suas pernas estão bloqueadas ou obstruídas diminuindo a circulação.

Esta doença pode, em raros casos, conduzir a gangrena do membro afetado. Mas o mais importante é que esta dor circulatória da perna pode ser um indicativo de que há outras artérias do corpo que também estão bloqueadas principalmente no cérebro e no coração colocando a pessoa em risco de derrame cerebral e ataque cardíaco.

As boas novas é que esta enfermidade circulatória pode ser prevenida principalmente com três simples métodos: parar de fumar, caminhar e evitar gorduras na alimentação. O mais importante, porém, é o fato de que se a pessoa que sente as dores na porção inferior das pernas for ao médico para avaliar sua circulação, muitos casos de derrame e infarto do coração poderão assim ser evitados.